Empresários contam como inovaram para fidelizar os clientes

  • 0
  • 26 de julho de 2018
André Miranda Fotografia (76)

Encontro promovido pela CDL Jovem apresentou dois cases de sucesso: Hippo Supermercados e Club Petro

Que fidelizar um cliente é mais fácil e econômico para as empresas, não é segredo no meio dos negócios, mas ao que de fato o empresário precisa estar atento para trazer o consumidor para o estabelecimento e consumir repetidamente os produtos? O encontro de Fidelização do Cliente provido pela CDL Jovem na noite desta terça-feira (24) trouxe dois cases de sucesso para compartilhar com os integrantes a fórmula básica para a fidelização acontecer de forma natural e progressiva nas empresas.

O empresário e diretor comercial da rede de supermercados Hippo, Josiano Saqueti, abriu o evento apresentando os diferentes meios de fidelização que o Hippo fez ao longo de 20 anos para obter uma base ativa de 15 mil clientes, sendo que 70% são consumidores fidelizados que consomem um ticket médio acima de 52%.

Segundo Josiano Saqueti, para fidelizar um cliente é preciso primeiro entender suas necessidades e a partir disso, inovar para mantê-lo. “Desde 2001 o Hippo aplica planos de fidelização. Nesse mesmo ano, a rede lançou a venda pela internet, se destacando como 1º supermercado do Estado de Santa Catarina a comercializar produtos via e-commerce. Fomos o 3º do Brasil ficando atrás somente do Pão de Açúcar e Extra”, conta.

Para manter a qualidade e a satisfação dos consumidores, o Hippo adotou uma postura inovadora com ações voltadas para o bem-estar, a sustentabilidade e o atendimento, sendo referência no comércio e região. A ideologia da rede é buscar soluções que não tem no mercado e importar produtos diferenciados para atender os clientes.

De acordo com o Saqueti, a produção própria contribui substancialmente para atrair o cliente, a exemplo das pessoas celíacas que não podem consumir o glúten. “Para atender esse nicho, estudamos as necessidades dessas pessoas e fomos o primeiro supermercado a produzir e comercializar alimentos sem glúten”, explica.

Para dar continuidade ao encontro, o empresário e CEO do Club Petro, Ricardo Pires, deu uma aula de como aplicar a tecnologia e usar as informações para fidelizar os clientes. De acordo com Pires, o foco precisa ser destinado a 100% aos consumidores, pois eles serão o “termômetro” dos acertos e dos erros e, principalmente, estar aberto para as inovações que o mercado proporciona. “O novo sempre vem; e quando chegar, você precisa estar preparado para saber inovar e continuar crescendo nos negócios”, pondera o CEO.

Pires conta que é a 3ª geração nos negócios em postos de combustíveis e que empreender corria nas veias, mas era curioso e buscava por inovação. Durante o encontro, o empresário perguntou aos jovens quais as mudanças em postos de gasolina nos últimos 30 anos. Para surpresa de todos, tirando a marca Ipiranga que aplicou o KM de Vantagens, pouco se inovou neste segmento e foi nessa oportunidade que o empresário teve a ideia de criar o Club Petro, usando as informações a favor do próprio negócio.

“Não estava satisfeito em entregar nossos dados para a Ipiranga e comecei a estudar sobre CRM (gerenciamento de relacionamento com o cliente) e com isso criamos um programa próprio de dados para fidelizar os clientes e acelerar os negócios por meio das informações”, afirma Pires.

A dica do empreendedor foi clara e objetiva: “uma ideia testada é melhor que uma boa ideia e que o erro faz parte do processo. Então errem, mas errem rápido”, disse aos jovens quando compartilhou que não tem conhecimento sobre programação, mas que encarou as dificuldades para obter sucesso nos negócios.

Para o coordenador do Núcleo, Fillipe Santos, o encontro foi inspirador. “Os dois cases desta noite são movidos a inovação. Com certeza todos os presentes se apegaram a pelo menos uma dica para aplicar nos negócios para decolar no mercado”, conta Santos.

FAÇA PARTE DA CDL JOVEM FLORIANÓPOLIS QUERO PARTICIPAR